sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

DEU NO BLOG MARRAPÁ: MAURA JORGE OFERECE R$ 200 MIL POR VOTO DE VEREADORA NA ELEIÇÃO DA CÂMARA

VEREADORA WANESSA MORAIS REGISTROU TODA A NEGOCIATA DO SUBORNO EM ÁUDIO, OUÇA

Maura-Jorge-lago-da-pedra-111
Maura Jorge prefeita de Lago da Pedra.
 Do blog Marrapá 

A Câmara de Vereadores de Lago da Pedra é protagonista de um caso inusitado. Por conta da acirrada disputa local, o legislativo municipal tem, desde a última quinta-feira, 1º de janeiro, dois presidentes.

Aliada da prefeita Maura Jorge (PMDB), a vereadora Lorena Coelho (DEM) foi reeleita numa sessão extraordinária realizada em seu gabinete, após o quebra-quebra que destruiu as dependências da câmara municipal, provocado por parlamentares impedidos de participar da votação.
 
Em praça pública, os sete vereadores oposicionistas ligados ao presidente do Iterma, Mauro Jorge (PDT), realizaram uma votação paralela, elegendo Moisés do Lago Preto (PDT) para o cargo de presidente. Desde então, os dois parlamentares ocupam a mesma vaga na mesa diretora, aguardando que o imbróglio seja resolvido pela Justiça Estadual.
A disputa entre os dois grupos políticos ganhou força na última semana de 2014, com a cassação da vereadora Wanessa do Wenceslau (DEM) por excesso de faltas, depois dela ter recusado uma proposta de suborno em troca do voto na candidata governista.
 
Assessor especial da Prefeitura de Lago da Pedra, o radialista Railton Macklaren procurou a parlamentar para oferecer-lhe R$ 200 mil em nome da prefeita Maura Jorge.
A vereadora reagiu à proposta, cobrando a participação da chefe do executivo na negociação. Railton, então, tentou justificar a ausência de Maura, confirmando que ela estaria por trás do suborno.
Wanessa Morais registrou toda a negociata em áudio. Ouça clicando AQUI!

Opositores ingressaram na comarca local com Mandado de Segurança pedindo a anulação dos atos de Lorena Rodrigues. A presidente reeleita também ingressou com uma ação no Tribunal de Justiça, solicitando o afastamento do juiz responsável pelo caso.