quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

SUSPEITO DE SER LÍDER DE FACÇÃO É MORTO EM CONFRONTO COM POLÍCIA EM SÃO LUIS-MA

Ação foi realizada nesta quarta na Vila Conceição, em São Luís.
Polícia diz que foi ele quem matou menina de 9 anos no ano passado



Um homem identificado como Gilvan dos Santos, o Lelé, foi morto no fim da tarde desta quarta-feira (21), durante uma operação envolvendo a Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e o Grupo Tático Aéreo (GTA), na Vila Conceição, no Altos do Calhau, em São Luís.

               Suspeito de ser líder de facção é morto em confronto com a polícia (Foto: Divulgação / SSPMA)

Segundo o Superintendente da Capital, Leonardo Diniz, o suspeito foi encontrado após levantamento feito pela polícia nos últimos dias.

No momento da operação, Gilvan Santos, em companhia de outras duas pessoas, reagiu à prisão e acabou sendo baleado.

Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para o hospital Clementino Moura (Socorrão II), no bairro Cidade Operarária. No entanto, não resistiu aos ferimentos e morreu ao dar entrada na casa de saúde.

De acordo com informações da polícia, Gilvan teve envolvimento na morte da menina Jandiara da Silva Sá, de 9 anos, ocorrida no dia 15 de abril do ano passado, no bairro do Vicente Fialho, em São Luís. Além disso, participou do roubo a um carro de uma empresa especializada em transporte de valores, em fevereiro de 2014.

  Suspeito de ser líder de facção é morto em confronto com a polícia (Foto: Divulgação / SSPMA)

Na casa dele os policiais apreenderam 150 petecas de crack, uma pedra da droga, equivalente a 30 gramas, munições de pistola 9 mm, um cartucho de calibre 12, uma pistola 380 com cinco munições intactas e uma balança de precisão.

Todo o material apreendido (drogas, armas e municção) foi encaminhado para a Delegacia do Vinhais e depois irá para o Instituto de Criminalistica para ser analisado.

                                       Prisões

Na operação os policiais ainda conseguiram prender Paulo da Conceição e apreender um adolescente de 17 anos. Os dois foram encaminhados e levados para o 4º Distrito Policial do Vinhais.

Paulo foi autuado por associação para o tráfico. Já contra o adolescente, foi lavrado um auto de apreensão em flagrante delito pelo mesmo crime. O menor foi encaminhado para o Centro de Juventude Canaã, enquanto Paulo foi para o Centro de Triagem de Pedrinhas.