sexta-feira, 6 de março de 2015

ALÉM DE EXONERAR PARENTES DE ZÉ REINALDO, DIRETORA DO HOSPITAL GERAL SUSPENDE ALIMENTAÇÃO DOS ADMINISTRATIVOS



OS DESMANDOS CONTINUAM NO HOSPITAL DO CÂNCER

Os desmandos continuam no Hospital do Câncer, o Tarquínio Lopes ou Geral, sob a direção de Maria Ilvanícia Braga Bordalo de Figueiredo. A indicada e protegida do senador Roberto Rocha, ganhou a ira dos seus colegas de trabalho que não rezam a sua ditadora cartilha.
Sem limites de autoridade, a truculenta diretora desta vez se superou. Desde a última quarta-feira (4) foi cortada a refeição dos colaboradores do hospital. Ilva simplesmente decidiu fazer o corte, mesmo com toda dificuldade que os trabalhados vem enfrentando com os atrasos nos pagamentos dos salários. 

                              

Mais recentemente ele exonerou uma psicóloga que coordenava as ações de multidisciplinaridades do local há um bom tempo. Tirou também a coordenadora de fisioterapia e ainda anunciou que poderia colocar até a filha dela. Humilhou na frente de todos a coordenadora de Unidade Intermediária.

É dessa forma que o hospital vem sendo administrado. Até mesmo os aliados do governador Flávio Dino estão sendo descartados.
Agora por último, a diretora Ilva demitiu uma fisioterapeuta parente do ex-governador Zé Reinaldo e nomeou para o mesmo cargo de coordenação uma pessoa que tem ligações com o ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad. Após dos dias da posse, a nova nomeada viajou para Miami. É mole?
DO BLOG LUÍS CARDOSO