sexta-feira, 22 de maio de 2015

HOSPITAL MUNICIPAL É ALVO DE REPORTAGEM MANIPULADORA DA SARNEYZISTA TV MIRANTE

Uma avaliação na íntegra da matéria exibida ontem (21) na TV Mirante



Desde que o Hospital e Maternidade Agostinho Cruz Marques em Poção de Pedras foi alvo de matérias veiculadas em blog da capital, e isso graças a um dedo de veludo que estava por trás tentando gerar provas para manipular a opinião pública, o prédio que abriga o atendimento de saúde do município passou a ser alvo do interesse jornalístico de órgãos e profissionais que procuram a todo custo obter ibope. 

Em uma publicação, o blog até chegou refutar algumas calúnias que foram disseminadas, de que no hospital havia a presença de animais e que os pacientes passavam fome. Entretanto não omitimos a precariedade da estrutura física do prédio atual, mas expusemos algumas considerações (Reveja).


Acontece que o repórter Fábio Costa, que pertence ao Sistema Mirante de Comunicação, estava num grupo do WhatsApp onde o assunto foi bastante discutido, e prontamente mostrou interesse em vir realizar a reportagem aqui em Poção de Pedras.

Ademais, a Mirante sempre mostra um interesse maior numa reportagem quando sabe que é uma boa oportunidade de abordar as construções dos hospitais públicos, que se iniciou em Poção de Pedras já no fim de mandato da oligarquia Sarney como promessa de campanha política. Algumas construções de hospitais iniciados neste período encontram-se temporariamente barrados devido um processo de tomada de decisão do governador Flávio Dino, isso mediante as práticas de licitações fraudulentas que foram feitas no domínio de Ricardo Murad à frente da saúde. Oscips e empreiteiras que, segundo denunciou alguns blogs e jornais do Maranhão, teriam ganhado a vez numa espécie de apadrinhamento; esquema nas licitações para contratar as empresas para construção destes hospitais do programa Saúde é Vida, idealizado por Roseana Sarney e seu cunhado, até então Secretário de Saúde na época, Ricardo Murad, e outras obras tocadas pela SES. Saiba mais aqui e aqui!

Pois bem, não viajando muito e voltando ao atual hospital municipal, a reportagem foi produzida de maneira um tanto tendenciosa. Estranha-se a participação em entrevista justamente de uma senhora que hoje possui ligação direta com uma figura que tentou fazer decolar o seu nome como candidato da oposição, mas sem sucesso. A tal senhora é quem rege a entrevista e aponta duas janelas quebradas, um canto de piso que cedeu, e falta com a verdade ao dizer que animais percorrem o recinto. Parece mais algo orquestrado para deturpar o real sentido dos fatos.

A reportagem vedou, e não lançou ao ar alguns factoides exposto pelo blog sobre a alimentação - pois nenhum paciente aparece sendo indagado acerca da alimentação servida na instituição hospitalar; os produtos e a equipe de higienização - sendo que na gestão anterior, o conteúdo de uma garrafa de desinfetante era dividido em dois. Vedou também a informação de que o governo atual herdou, com todas as condições de colchões, janelas, pisos, leitos, máquinas da lavanderia, como também a precária estrutura física do prédio atual, da administração anterior, quando na verdade o estabelecimento servia a um esquema, utilizado na condição de reduto eleitoreiro de prefeito com proprietário, e que o valor de aluguel do imóvel custava um preço absurdo aos cofres públicos. Isso desde várias gestões anteriores. 
Todas estas observações foram vedadas.

Na verdade, aproxima-se o ano de campanha eleitoral, e como de comum a uma oposição que se utiliza de armações e calúnias  como principal ferramenta de campanha, torcemos para que o verdadeiro propósito destes não logre êxito. Pois se percebe uma franca tentativa de manipular a opinião pública, e abater a boa aceitação da gestão do prefeito atual, que é marcada principalmente pela construção de grandes obras no município. 
Somente na administração do prefeito Jr. Cascaria viu-se um anseio em conquistar o próprio Hospital Municipal. A expectativa consiste na concretização da construção do nosso próprio hospital, todavia enquanto a situação não vem a ser prontificada, aguarda-se um recurso para restaurar o quadro de estrutura do prédio atual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.