quarta-feira, 20 de maio de 2015

OPOSIÇÃO RECORRE AO BLOG DO NETO FERREIRA PARA PROPAGAR FACTOIDES SOBRE A SAÚDE PÚBLICA DE POÇÃO DE PEDRAS

As principais inverdades disseminadas pela oposição





Mediante o jornalismo pérfido do Blog do Neto Ferreira, preponderante em não exercer o princípio do contraditório em determinadas matérias (audiatur et altera pars, "ouça-se também a outra parte") que mais assemelham-se ao jornalismo de encomenda, exerceremos aqui a réplica de uma postagem intitulada "prefeito deixa saúde pública na miséria em Poção de Pedras".


Primeiramente, a assessoria de comunicação, o gabinete executivo do prefeito Jr. Cascaria, nem tampouco a diretoria do Hospital e Maternidade Agostinho Cruz Marques foram consultados a respeito desta matéria, e em virtude dos tópicos inverídicos disseminados à blogosfera, fixamos as seguintes colocações:
Os insolentes vereadores da oposição utilizaram-se da má fé em adentrar o órgão de saúde pública, na tentativa de gerar imagens que foram tiradas de algum contexto isolado no hospital e que mais tarde seriam lançadas no blog. Acontece que as imagens das prateleiras de medicamentos na enfermaria foram registradas em horário de reposição destes, justamente de 12:00 às 14:00h, e em momento algum solicitaram a permissão da diretoria do hospital para fazerem a averiguação, conclui-se que se assim fizeram, em horário de grande expediente, sem apresentação de uma autorização oficial do Legislativo, sem ética, faltaram sobretudo, ao decoro.


Todos os medicamentos oferecidos à atenção básica encontram-se disponíveis, ao contrário do que foi veiculado no blog referido. Segundo o que apuramos da diretora do hospital, Honna Pelúsia, a exceção aplicava-se apenas ao medicamento Benzetacil, isso devido a um problema de fornecimento em nível estadual.

Quanto ao funcionalismo, não procede ao que fora dito; presença de animais no recinto, precariedade no setor de higienização, nem a ausência de produtos de limpeza proporcionais à desinfecção hospitalar. Todos os itens encontram-se dentro dos padrões.
Poção de Pedras possui atualmente os melhores profissionais da área médica, atendendo plantões todos os dias, em suas respectivas escalas, são eles: Dr. Adriano, Dr. Alexandre, Dr. João, Dr. Eudes e Dr. Lenoilson, dentre eles, excelentes cirurgiões que realizam procedimentos com os próprios recursos disponibilizados pelo hospital, sem que haja transferência de pacientes para outras cidades.
Repudiamos o que fora dito concernente ao factoide de os pacientes passarem fome. Creio que a imagem na lateral direita por si só, refuta as inverdades que covardemente e astutamente foram lançadas na internet. Feito um checape do estoque de alimentos do hospital, constatou-se que o Governo Cascaria não comunga com a miséria, mas quinzenalmente os alimentos do Almoxarifado são repassados para abastecer e suprir o estoque do hospital.

O hospital dispõe de uma ambulância, habilitada já nesta gestão para viagens longas, pois o governo herdou da administração anterior uma ambulância sucateada, que mais se assemelhava a uma caixa de fósforos, pelo tamanho desconforto oferecido ao paciente.  O veículo atual atende as transferências de quadro clínicos graves, e esta é abastecida com os recursos do município. Acredita-se que segundo a índole condizente ao prefeito Jr. Cascaria se chegar a ficar impossibilitado um abastecimento por meio das verbas públicas, ele tirará do próprio bolso, mas não ignorará uma emergência de saúde de algum conterrâneo seu.

Construção do Hospital Municipal - O nosso grande sonho
Contudo, reconhecemos que a estrutura física do hospital atual não é das mais agradáveis. Trata-se de um reduto eleitoreiro, de propriedade privada, e que desde administrações anteriores vem sido mantida como forma de aluguel. O anseio desta gestão é justamente concretizar a construção do hospital próprio do município, que no momento está aguardando apenas a desburocratização de convênio estadual.
Nos dias vindouros, o prédio atual, que não é propriedade do município, estará passando por restauração.  

É estranhável que o texto veiculado na publicação do Blog do Neto Ferreira, tenha estreita semelhança com essa conversa registrada em um grupo do WhatsApp dias antes da matéria ser lançada. Veja:


Mais estrando saber que este mesmo contato, justamente de alguém que reside em São Luís, terra do Blogueiro Neto Ferreira, foi o primeiro a compartilhar o link da matéria depois de esta ter sido postada:


Não achas, leitor?!

Finalizamos com alguns trechos do Código de Ética do Jornalismo, dedicado a um grupo de blogueiros que estão comprometendo a classe, principalmente alguns destes de São Luís.

Capítulo II, Art. 4º
O compromisso fundamental do jornalista é com a verdade no relato dos fatos, deve pautar seu trabalho na precisa apuração dos acontecimentos e na sua correta divulgação.

Capítulo III, Art. 11º 
O jornalista não pode divulgar informações:
I - visando o interesse pessoal ou buscando vantagem econômica.


Ascom

Um comentário:

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.