quinta-feira, 16 de julho de 2015

Matéria de 1993 previa corretamente a data de chegada a Plutão

Matéria de 1993 previa corretamente a data de chegada a Plutão

11713748_867260593309964_4217312980976674949_o

Esta semana, a sonda New Horizons mandou as primeiras imagens nítidas de Plutão para a Terra. Parece que estamos vivendo o futuro. De certa forma, é verdade: estamos vivendo o futuro de 1993, quando saiu esta matéria do Estadão, em que a NASA previa para 2015 a chegada de naves ao então planeta mais distante do sistema solar.
A matéria já previa alguns detalhes da viagem, como o uso do campo gravitacional de Júpiter para catapultar a sonda em direção a Plutão. No entanto, o texto fala sobre um lançamento em 2002, quatro anos antes de a sonda New Horizons partir de fato. O texto não explicita qual o nome da missão responsável por enviar as naves a Plutão, mas fala em “par de naves gêmeas”, o que deve se referir ao Pluto Fast Flyby — um dos vários projetos para explorar o planeta que foram cancelados até o lançamento da New Horizons. O nome de Alan Stern, o astrônomo que comanda a missão New Horizons, também é mencionado.
Também chama a atenção que, em 1993, o astrônomo Clyde Tombaugh, responsável pela descoberta do planeta, ainda estava vivo e em atividade — ele faleceu em 1997, e a sonda New Horizons carrega suas cinzas. Vários objetos do Cinturão de Kuiper ainda estavam sendo descobertos e, obviamente, Plutão ainda não havia sido rebaixado à categoria de planeta anão. Mas, apesar dos desvios de trajetória, chegamos ao futuro previsto — agora só falta receber todos os dados sobre Plutão e suas luas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.