terça-feira, 14 de julho de 2015

"MOTOQUEIRO FANTASMA? SE TIVER EU TIRO ELE DO ABSTRATO E LEVO PRO CONCRETO" AFIRMA DELEGADO DE TERESINA

BARETA NEGA MOTOQUEIRO FANTASMA E DIZ: ' SE ELE APARECER, EU EXORCIZO'



O delegado titular da Delegacia de Homicídios em Teresina, Francisco Costa, o Bareta, desmentiu o boato sobre homem que se identifica como "motoqueiro fantasma" e estaria circulando pelas ruas da capital, a noite, para matar assaltantes. O delegado garante que não há nenhum registro deste caso, e afirma que caso apareça, irá 'exorcizar' o responsável.

"Não tem nenhum registro na delegacia. Nós trabalhamos com todos e não estou sabendo de nada de motoqueiro fantasma. Se ele aparecer eu exorcizo e prendo. Eu tiro ele do abstrato e levo pro concreto", declarou o delegado. 




O boato começou após uma postagem em um blog do Maranhão, que diz que o suposto "motoqueiro fantasma" começou a atuar no dia cinco deste mês. "Ele só aparece durante a noite numa moto possante, prende assaltantes, evita arrombamentos e, por último, matou um bandido em um posto de gasolina[...] Muito se tem especulado sobre a identidade do motoqueiro fantasma. Alguns dizem que ele é estudante de direito e outros que seria um policial militar", diz a publicação.
O delegado acrescenta que crime ao qual se refere a publicação, um homicídio em um posto de combustível na avenida União, zona Norte de Teresina já foi solucionado e o suspeito está preso. "Esse crime foi elucidado. Ali foi um assalto a pessoa reagiu ao assalto e atirou nele e inclusive já prestou depoimento na delegacia", completou o delegado.
A notícia do "motoqueiro fantasma" foi parar nas redes sociais e no Facebook, a postagem superou os 16 mil compartilhamentos em apenas duas horas. Nos comentários é quase unânime a aprovação popular e o homem chega a ser chamado de "justiceiro" pelos internautas que saem em defesa da atitude.

CIDADE VERDE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.