quarta-feira, 15 de julho de 2015

Operário morre soterrado em obra da Caema



Operário morre soterrado em obra da Caema


A vítima foi identificada por Ronivaldo Gomes Costa



No início da tarde desta terça-feira, um funcionário de uma empresa terceirizada que prestava serviço para a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) morreu soterrado em uma obra no bairro da Areinha, em São Luís.
Ronivaldo Gomes Costa estava colocando dutos de esgoto quando o asfalto deslizou. A vítima morreu no local do acidente e o corpo foi removido por uma equipe do  Instituto Médico Legal (IML).
O Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) informou que irá investigar se a causa da morte de Ronivaldo foi o soterramento ou uma pancada na cabeça no momento da queda. 
Em nota, a Caema informou que o operário trabalhava para a empresa ARTEC que é responsável pelas obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de São Luís.
A empresa responsável pelos serviços esclareceu à Caema que todos os seus empregados estavam utilizando equipamentos de proteção individual (EPIs), inclusive o trabalhador vitimado. Foi informado ainda que a empresa ARTEC, com o acompanhamento da Caema, irá prestar toda a assistência aos familiares da vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.