segunda-feira, 6 de julho de 2015

Professores de Santa Quitéria fazem passeata contra corte de salário


Professores de Santa Quitéria fazem passeata contra corte de salário

Os servidores em educação de Santa Quitéria voltaram a ocupar as ruas na última sexta-feira (3) contra a política de arrocho salarial nas carreiras dos professores e vigiais. Desta vez, a manifestação, organizada pelo Núcleo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (SINPROESEMMA), repudiou o Decreto N°11 de 2 julho de 2015, de autoria da Prefeitura, que determinou a redução da tabela salarial dos professores da rede municipal.

SANTA QUITERIA MANIFESTAÇÃO DIA 3 DE 7 DE 201520150706_0201 to web

SANTA QUITERIA MANIFESTAÇÃO DIA 3 DE 7 DE 201520150706_0199

No decreto, além de rebaixar os salários aos patamares dos pagos em 2010, o prefeito Sebastião Araújo Moreira ainda determinou o corte do ponto dos servidores que não se conformaram com a redução dos salários e foram às ruas.
A assessoria jurídica do SINPROESEMMA apontou inconstitucionalidade no procedimento adotado pela Prefeitura, afirmando que o decreto não observa o inciso XV do artigo 37 da Constituição Federal, no qual é vedado a redução dos vencimentos de servidores públicos no Brasil.
Ao longo do protesto, os educadores usaram faixas e cartazes para denunciar os abusos da gestão municipal e, ao mesmo tempo, sensibilizar pais e alunos sobre a necessidade da paralisação das aulas, que se aproxima dos 60 dias.
Greve continua Mesmo com a decisão judicial, que considerou a greve ilegal e determinou os descontos na remuneração dos trabalhadores, não há previsão para o encerramento da greve dos servidores públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.