sexta-feira, 7 de agosto de 2015

ESCOLA MODELO NO MARANHÃO


MODELO DE ESCOLA NO MARANHÃO

O governador do Maranhão Flávio Dino falou sobre o modelo da escola de pequeno porte adotada no maranhão ainda este ano.
Esse é o tipo de escola que vai substituir as escolas de taipa e palha do Maranhão.
No lugar dos barracões sem parede e sem banheiro, de uma sala só, teremos essa estrutura. Vamos licitar 200 neste ano.


NOVO MODELO DE ESCOLA NO MARANHÃO

Escola localizada no município de Jatobá, um dos mais pobres do país


Escola de taipa no interior do Maranhão
Com crédito autorizado pelo BNDES, o governo do Maranhão inicia este mês a construção das primeiras 30 escolas para substituir unidades de taipa, madeira e sapé que por décadas atendem os alunos do interior do estado.
Um dossiê com 200 páginas nas mãos do governador Flávio Dino (PCdoB) revelam centenas delas espalhadas pelo Estado, sem janelas e algumas com piso de barro batido. A ideia é derrubar todas nos próximos anos e construir unidades de alvenaria.
A situação dos rincões do Maranhão é tão desastrosa que o Governo cadastrou 7 mil cidadãos em extrema miséria, sem documentos, para receberem benefícios.
O governador Flávio Dino assinou decreto do Programa “Escola Digna”. O programa prevê que a Secretaria de Estado da Educação dê a crianças, jovens, adultos e idosos atendidos pelo Sistema Público de Ensino dos Municípios, o acesso à infraestrutura para adequada “formação de cidadãos livres, conscientes e preparados para atuar profissionalmente nos mais diversos campos da atividade social”.
Segundo o IBGE, o Maranhão está entre os estados com maior número de escolas que funcionam em condições inadequadas para o ensino.
O decreto assinado por Flávio Dino prevê a reforma pelo governo do Estado, com recursos próprios ou captados junto ao Governo Federal a reforma das escolas públicas estaduais e a construção de núcleos de educação de Integral do Ensino Médio, bem como aquisição de equipamentos necessários à substituição das escolas de taipa, palha, galpões nos municípios.
As prefeituras deverão ceder terrenos para a construção de unidades escolares. Aos municípios também caberá assegurar o número de professores necessário ao bom funcionamento da escola, bem como manutenção predial.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.