sábado, 15 de agosto de 2015

PREFEITO É AFASTADO


Prefeito de Anajatuba se diz surpreso com decisão liminar da justiça

Prefeito de Anajatuba, Helder Aragão
Prefeito de Anajatuba, Helder Aragão
O prefeito de Anajatuba, Helder Lopes Aragão (PMDB), se mostrou surpreso com a decisão liminar da juíza Mirella Cezar Freitas, por ter determinado seu afastamento imediato por 180 dias da administração municipal.
O gestor disse acreditar na Justiça e garantiu que buscará os meios legais competentes para reverter a determinação judicial, por entender que quem acaba perdendo com o seu afastamento é a população, cuja gestão vem mantendo inúmeras obras e serviços importantes em andamento.
“Sempre acreditamos no trabalho da Justiça e iremos provar que não estamos atuando com a existência de irregularidades e que a administração tem feito de tudo para atender às demandas da população da cidade”, disse o prefeito Helder Aragão.
O chefe do Executivo municipal também negou que haja envolvimento de membros de sua administração com um suposto esquema de desvio de verbas públicas. “Temos um clima de tranquilidade na gestão, com salários dos funcionários pagos em dia, nenhuma pendência com órgãos credores e total transparência com a coisa pública”, declarou.
Com relação à suposta existência de empresas que seriam de “fachada”, citada na decisão judicial, o prefeito ressaltou que todas as empresas denunciadas foram desligadas de contratos com a Prefeitura de Anajatuba e que, portanto, não caberia fazer parte da decisão judicial.
Helder Aragão destacou que a administração municipal vem implementando serviços importantes para a cidade com destaque para a recuperação asfáltica da sede, construção de quatro ginásios poliesportivos, construção de pontes e praças como a da Vitória e do Largo da Igreja, drenagem de ruas, novo sistema de abastecimento d´água com mais de 28 poços artesianos que atendem a população, melhoria da iluminação e serviços de limpeza pública e construção e reformas de escolas.
O prefeito disse acreditar que conseguirá reverter o quadro vigente desfavorável, por meios legais, e que continuará seu cronograma de obras e serviços, fruto de ações anunciadas ainda durante a campanha eleitoral e do compromisso com o eleitor da cidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Política de moderação de comentários:
A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, o autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.